Universidade de Vigo
IDIOMA 
PTESGL
Jose Saramago
 

Blog

“Saramago, paródia e literatura“

Conferência plenária nas I Jornadas José Saramago em Vigo:

"Saramago, paródia e literatura"

José Cândido de Oliveira Martins (UCP)

Quinta-feira (xoves), dia 17/11/2016 às 10h00 no Salão de Atos da FFT

A paródia sempre se apresentou como um género ou metagénero literário com raízes antiquíssimas, dentro de uma longa tradição poético-retórica. No âmbito da literatura e da arte dita pós-moderna, a paródia ocupa um lugar relevante. Na literatura portuguesa contemporânea, a escrita de José Saramago é um eloquente exemplo da riqueza da paródia. Nos romances Memorial do Convento, Levantado do Chão e O Ano da Morte de Ricardo Reis, encontramos algumas das mais relevantes potencialidades significativas do discurso paródico.


José Cândido de Oliveira Martins é Professor Associado da Universidade Católica Portuguesa (Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais), na área da Literatura Portuguesa e Teoria da Literatura. Investigador do Centro de Estudos Filosóficos e Humanísticos (CEFH), unidade de I&D, reconhecida pela FCT. Coordena a licenciatura de "Estudos Portugueses e Espanhóis". Além de artigos em revistas da especialidade, tem publicados alguns livros: Teoria da Paródia Surrealista (pref. de Vítor Aguiar e Silva); Naufrágio de Sepúlveda. Texto e Intertexto; Para uma leitura da poesia de Bocage; Fidelino de Figueiredo e a Crítica da Teoria Literária Positivista (pref. de Vítor Aguiar e Silva). Ao nível da edição literária, com fixação do texto, introdução crítica e notas, tem editado obras de Camilo Castelo Branco, António Feijó, Teófilo Carneiro e Diogo Bernardes. Co-organizou alguns volumes colectivos, com destaque para: Novos Horizontes das Humanidades; Leituras do Desejo em Camilo Castelo Branco; Estética e Ética em Sá de Miranda; Pensar a Literatura no Séc. XXI; e Camões e os Contemporâneos.
Publicado, 10/11/2016




Documentos anexos

Etiquetas

Jornadas José Saramago
Notícias




Artigos relacionados